poesia . fotografia . & etc.


Talvez o mundo não seja pequeno / Nem seja a vida um fato consumado . Chico Buarque de Hollanda, com Gilberto Gil








quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

ANIMA

Em Papéis | publicações, críticas, na margem direita deste blogue (ou aqui), acrescentou-se aos textos já arquivados sobre As Súbitas Permanências, de Fernando Guimarães e Ramiro Teixeira, a apresentação de Anima por Rosa Mesquita, que aconteceu no Convento Corpus Christi, em Vila Nova de Gaia, em 12 de Novembro passado.

Rosa Mesquita
tem-se dedicado à investigação em torno da poesia portuguesa contemporânea. Abordou no seu trabalho de mestrado a relação entre o Cinema e a Poesia de Manuel Gusmão e trabalha actualmente no seu doutoramento, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, sob a orientação de Rosa Maria Martelo.








sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

passagens



Giotto | O frio em volta, as cores desbotadas. Talvez algo possa sempre acontecer muito perto de nós. Somos a gente que chega de fora e se vai habituando a respirar o dia que ali se condensou. Os animais esperam na sua infinita paciência, alheios às tempestades de luz e asas. Um homem fica também de costas, como se não fosse nada com ele, perdido dentro de si. São coisas, no fundo, muito simples, alguns gestos maternais e de aconchego, deixar que um olhar possa nascer com o mundo.





sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

o som é como um laço



händel . amadigi di gaula . sara mingardo, contralto
aria di dardano "pena tiranna". concerto italiano | rinaldo alessandrini



[
definição de música: escrita e grão da voz, sucessão de solenes sinais, mas com um escuro por detrás, razão pura que ilumina o puro coração, fidelidade e improviso, necessidade e acidente, quer dizer, vida propriamente viva]


A lembrança desta música veio-me de um dos meus lugares favoritos, aqui.
Outras músicas na etiqueta correspondente (o som é como um laço) ou aqui.